sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010

Incêndio no Chiado

Os moradores da Rua do Chiado voltam a reviver o mesmo após 22 anos com um incêndio num prédio na Rua Nova do Almada.

O incêndio deflagrou pelas 05h00 da madrugada do dia 11 deste mês e o alerta terá sido dado por uma vizinha, que foi recebido no Regimento de Sapadores Bombeiros pelas 05h10, que, de acordo com informações da corporação de bombeiros, se deslocaram para o local com 50 bombeiros e 17 carros, dois dos quais com auto-escadas, tendo chegado ao local quatro minutos depois de lançado o alerta.

Este incêndio não causou muitos danos materiais pois os edifícios não foram muito afectados pelo incêndio nem pelas operações de combate ao fogo e rescaldo, pelo que os seus moradores poderão em breve regressar às suas casas. Os edifícios adjacentes ao prédio em que se registou o incêndio foram evacuados por motivos de segurança e como medida de precaução.

Embora suave em danos materiais, não podemos dizer o mesmo no que diz respeito a mortes e desalojamentos, já que com este incêndio uma mulher de 80 anos perdeu a vida, carbonizada no andar onde residia sozinha, e ficaram 21 pessoas desalojadas (no total são 8 famílias), incluindo duas irmãs de 80 anos, que foram retiradas do prédio e terão de ficar temporariamente em casa de familiares.

Com este incidente, o vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Manuel Brito, garante que ninguém vai ficar desalojado.

A origem do incêndio é, até ao momento, desconhecida, sendo agora necessário investigar as suas causas.


Susana Cardoso

Sem comentários:

Enviar um comentário